Sign Up



Marcos Ottaviano | www.marcosottaviano.com.br

Autobiografia do Rei do Blues B.B.King PDF Imprimir E-mail
Escrito por Marcos Ottaviano   
Dom, 22 de Dezembro de 2013 18:19

Foi uma honra escrever o prefácio à edição brasileira da autobiografia do Rei do Blues B.B.King.

Trecho do Texto:

"Comecei a tocar guitarra nos anos 80. Em pouco tempo me interessei pelo blues através de um disco do Eric Clapton. O primeiro nome do blues que surgiu em minha mente foi o de B B King. Ficava horas tentando tirar os solos dele e assimilar sua técnica de bends e vibratos. Fiquei impressionado ao constatar tamanha simplicidade e elegância na maneira como ele toca. B B King nunca joga uma nota fora. Todas as notas tocadas por ele têm grande valor e uma expressão incrível. Isso me encantou muito.

Na época, era muito difícil conseguir material. Era comum assistir shows de blues em VHS e ouvir discos de vinil. Eu absorvia tudo isso e, depois, tentava emular aquele som e aquelas notas. Eu não poderia imaginar que, em 1995, quase dez anos depois, iria ter um contato com B B King através de Celso Blues Boy. O Celso se relacionou bastante com B B King. Eles mantiveram amizade durante anos. Isso culminou com a participação do B B King num CD do Celso Blues Boy. Eu tinha tocado com o Celso entre 1992 e 1995. Fazia participações na banda dele em São Paulo e no Rio de Janeiro. Ele me convidou para assistir as gravações que seriam realizadas no Estúdio Mosh, em Sâo Paulo. Nessa época eu já tocava na banda Blue Jeans. Nesse ano, nós estávamos gravando nosso primeiro disco. O convite era para ver o maior de todos em ação no estúdio. Era a minha chance de ficar ali, observando atentamente como o Rei do Blues tocava em uma gravação de estúdio. Isso me ajudaria muito durante as gravações com o Blue Jeans, uma verdadeira aula que levaria pela vida toda."

Última atualização em Dom, 22 de Dezembro de 2013 18:41