Marcos Ottaviano | www.marcosottaviano.com.br

29
Jan
    Amleto Barboni - A Night at Maxwell St

 

 

A Night at Maxwell St é o mais novo show do guitarrista e produtor Amleto Barboni, onde a formação composta por bateria e duas guitarras evidencia a técnica e a entrega dos músicos durante o show. O repertório é baseado nas composições das décadas de 40, 50 e 60.

Com Amleto Barboni (voz e guitarra), Marcos Ottaviano (guitarra) e Wagner Vasconcelos (bateria).

Venda de ingresso online a partir de 17/2, às 16h e nas bilheterias a partir de 19/2, às 17h30.

Venda limitada a seis ingressos por pessoa.

Show: A Night at Maxwell St

Quando: 28/2 Horário: 20:30

Onde: Sesc Vila Mariana (Auditório)

End: Rua Pelotas, 141 - Vila Mariana - São Paulo

 
22
Dec
    Autobiografia do Rei do Blues B.B.King

Foi uma honra escrever o prefácio à edição brasileira da autobiografia do Rei do Blues B.B.King.

Trecho do Texto:

"Comecei a tocar guitarra nos anos 80. Em pouco tempo me interessei pelo blues através de um disco do Eric Clapton. O primeiro nome do blues que surgiu em minha mente foi o de B B King. Ficava horas tentando tirar os solos dele e assimilar sua técnica de bends e vibratos. Fiquei impressionado ao constatar tamanha simplicidade e elegância na maneira como ele toca. B B King nunca joga uma nota fora. Todas as notas tocadas por ele têm grande valor e uma expressão incrível. Isso me encantou muito.

Na época, era muito difícil conseguir material. Era comum assistir shows de blues em VHS e ouvir discos de vinil. Eu absorvia tudo isso e, depois, tentava emular aquele som e aquelas notas. Eu não poderia imaginar que, em 1995, quase dez anos depois, iria ter um contato com B B King através de Celso Blues Boy. O Celso se relacionou bastante com B B King. Eles mantiveram amizade durante anos. Isso culminou com a participação do B B King num CD do Celso Blues Boy. Eu tinha tocado com o Celso entre 1992 e 1995. Fazia participações na banda dele em São Paulo e no Rio de Janeiro. Ele me convidou para assistir as gravações que seriam realizadas no Estúdio Mosh, em Sâo Paulo. Nessa época eu já tocava na banda Blue Jeans. Nesse ano, nós estávamos gravando nosso primeiro disco. O convite era para ver o maior de todos em ação no estúdio. Era a minha chance de ficar ali, observando atentamente como o Rei do Blues tocava em uma gravação de estúdio. Isso me ajudaria muito durante as gravações com o Blue Jeans, uma verdadeira aula que levaria pela vida toda."

 
02
Oct
    BLUES NA GP!

 

 

Escrito por Ricardo Vital

Quando os pioneiros do blues no Brasil começaram suas carreiras, o gênero era pouco conhecido por aqui e havia um vasto território a desbravar. Mas o panorama mudou radicalmente nos últimos anos.O blues nacional avança de vento em popa, com músicos de grande talento surgindo em todos os cantos do país e lançando trabalhos de qualidade, inclusive com reconhecimento internacional. Sem falar dos inúmeros festivais dedicados ao gênero que pipocam em diversas regiões, alimentando ainda mais uma efervescente cena blueseira.

Para celebrar este momento, Guitar Player lançou o álbum Blues na GP, distribuído na Expomusic 2013 e enviado aos assinantes da revista. Nem todas as músicas presentes nesta coletânea são blues em sua forma mais pura e nem todos os guitarristas participantes se dedicam exclusivamente ao estilo, mas eles possuem o blues como referência e forte influência, utilizando-se de suas técnicas e sonoridade para moldar as ideias que brotam em suas mentes. Confira comentários desses músicos nacionais sobre as canções que estão no disco. Matéria completa na Revista Guitar Player 210/Outubro de 2013.

 


Página 7 de 9